domingo, 10 de junho de 2012

BARCARENA: ELEIÇÕES MUNICIPAIS



Este mês haverá convenções partidárias em todos os municípios do Brasil para definir quem serão os candidatos a representantes da população nos poderes Executivo e Legislativo (Prefeitos e vereadores).

Em Barcarena (PA), os candidatos com reais chances de eleição são empresários. Um paraense e um mineiro. O primeiro já administrou Barcarena por 8 anos e tentará a reeleição pelo PMDB e o segundo tentará sentar na cadeira de prefeito pela primeira vez,  através do partido PSC. Trata-se de Laurival Magno Cunha (PMDB) e Antonio Carlos Vilaça (PSC). Nas eleições municipais de 2008, Vilaça, como é mais conhecido o empresário mineiro, concorreu ao pleito, porém foi derrotado por apenas 621 votos de diferença para o atual prefeito da cidade, João Carlos Dias.

Para o cargo de vice-prefeito as articulações estão ocorrendo a todo vapor. Contudo, há fortes indícios que o atual vice-prefeito e Secretário de Obras de Barcarena, Renato Ogawa (PR) poderá vir a ser o vice na chapa do empresário Vilaça. Pessoas ligadas ao empresário Vilaça e ao vice-prefeito, Renato Ogawa, afirmam haver uma grande articulação entre ambos no sentido de efetivar uma composição política para as eleições de 2012. Este fato não agrada um dos principais aliados de Vilaça, o comerciante mineiro João Vaz, que espera compor ao lado do referido empresário como vice-prefeito. Vaz, como é conhecido na cidade, teve uma votação bastante expressiva nas eleições gerais de 2010 concorrendo ao pleito para deputado estadual, obtendo quase 13.000 votos.

Quem é quem:

Laurival cunha pratica uma política populista, sempre junto do povo e freqüentando locais públicos com objetivos de popularizar suas ações. Conta com apoio de parcela significativa dos funcionários públicos, insatisfeito com a atual administração municipal, além do apoio de funcionários das empresas multinacionais que possuem planta industrial em Barcarena.

Vilaça, ao contrário do adversário, não possui nenhuma experiência no setor político. Chegou à Barcarena como operário e hoje administra um conglomerado de pequenas empresas, porém com contratos com o governo do Estado e a Companhia Vale, além de contratos em outros estados da federação. Possui larga aceitação entre a população local para ocupar o cargo de prefeito da cidade. O grande apoio de Vilaça vem da classe mais abastada, de munícipes com um padrão diferenciado de renda. Em Vila dos Cabanos, por exemplo, bairro considerado nobre, Vilaça aparece como candidato preferencial entre os eleitores. O povo aposta na mudança. O lema de Vilaça é “Quero a mudança”.

Sobre as eleições:

Este ano as eleições municipais em Barcarena contam com quase treze mil eleitores a mais que nas eleições de 2008. Isto significa que houve um inchaço populacional, seguido de péssimas condições de saneamento básico, iluminação pública, saúde, transporte público e, principalmente um “grande caos” na área de segurança pública.

Estes problemas deverão ser bastante explorados pelos candidatos, tanto candidatos a vereadores como candidatos a prefeito. Na verdade, os políticos brasileiros somente exploram questão relacionadas ao PIB (Produto Interno Bruto) em suas campanhas, pouco ou quase nunca exploram o IDH (Índice de Desenvolvimento Humano), se assim o fizessem, lograriam mais êxito.

Apoio político:

Vilaça conta com o apoio do deputado federal “Zequinha Marinho”, presidente do PSC e um dos principais articuladores do movimento de divisão do Estado do Pará, além do apoio dos vereadores Ary Santos, Zé Santos, Lúcia do Conde, Luiz Tavares e Laurinha, esta última pertencente ao PSC, em seu primeiro mandato, eleita em 2008.

Laurival Cunha conta com apoio do Governador do Estado, Simão Robson de Oliveira Jatene, do senador Flexa Ribeiro, do senador Mário Couto, do senador Jáder Barbalho, da deputada estadual Ana Cunha, do prefeito de Ananindeua, Helder Barbalho e de vários deputados estaduais e alguns federais.

Outros Possíveis candidatos

O partido dos trabalhadores (PT) sinaliza trazer para as ruas, como candidata ao majoritário, Luziane Cravo. Especula-se, nos bastidores, que o PT almeja uma secretaria municipal com a pré-candidatura de Luziane. Luziane conta com apoio dos evangélicos da igreja Universal do Reino de Deus e também possui larga aceitação no município. De quebra, o marido de Luziane concorrerá ao cargo de vereador pelo mesmo partido. Pongó, como é conhecido, já possui experiência em eleições, pois já fora candidato a vereador pelo município de Barcarena, obtendo uma votação expressiva.



O PPS trará Jairo Castro, publicitário, administrador, escritor e empresário. Homem evangélico e com grande aceitação na sociedade local por ser pessoa de conduta ilibada e grande combatente dá má administração pública local.







O desfecho


Somente após as convenções partidárias é que se terá um mapa completo da situação política em Barcarena.

Desejo uma boa sorte aos pré candidatos ao cargo de prefeito (Vilaça, Laurival, Jairo Castro e Luziane Cravo) bem como aos pré-candidatos ao cargo de vereador.




Postar um comentário